Carregando...

Sorvetes contaminados Häagen-Dazs são recolhidos no mundo todo - Notícias - R7 Saúde

A General Mills iniciou recolhimento de cinco tipos de sorvetes da marca Häagen-Dazs, que contém aroma de baunilha, de todas lojas mundiais por estarem contaminados com a substância 2-CE (2-cloroetanol). 

A validade dos lotes que serão recolhidos está entre 16/05/2023 e 29/06/2023 e os produtos  são:

- Pote de sorvete Häagen-Dazs Belgian Chocolate – sorvete de chocolate com pedaços de chocolate (473 mL);

- Copinho de sorvete Häagen-Dazs Macadamia Nut Brittle – sorvete sabor baunilha com macadâmia crocante (100 mL);

- Pote de sorvete Häagen-Dazs Macadamia Nut Brittle – sorvete sabor baunilha com macadâmia crocante (473 mL); 

- Picolé Häagen-Dazs Vanilla Caramel Almond – sorvete sabor baunilha com calda de caramelo salgado e cobertura de chocolate ao leite com amêndoas 70 g (80 mL); 

- Picolé Häagen-Dazs Cookies & Cream – sorvete sabor baunilha com pedaços de biscoito 70 g (80 mL).

No Brasil, a empresa informou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta quarta-feira (17) sobre o recolhimento e, em seu site, há um comunicado aos consumidores sobre como fazer a troca dos produtos.

Após o comunicado, foi publicado no Diário Oficial da União a Resolução RE 2.676/2022, que esclarece o processo de recolhimento e fornece informações aos consumidores, tendo em vista que a importação, a distribuição, a comercialização e o uso dos produtos está proibida em todo território nacional.

Quem tem o produto em casa deve entrar em contato pelo telefone 0800 031 0707, de segunda a sexta-feira, das 08h às 12 e das 13hs às 17hs, ou mandar um e-mail para sac.haagendazs@genmills.com, para troca ou reembolso.

Esse é o segundo recolhimento de produtos da marca Häagen-Dazs pela presença de substância tóxica. Em julho deste ano. a empresa já tinha retirado do mercado o sorvete sabor baunilha, embalagem de 415 g (473 ml), com validade entre 7/7/2022 e 18/7/2023, pelo mesmo motivo.  

É uma substância que recentemente tem sido identificada em diversos produtos alimentícios, e bastante associada à utilização de óxido de etileno (ETO) na produção da matéria-prima.

Dentre as informações científicas, não há evidências até então que comprovem que o 2-CE tenham propriedades carcinogênicas – que podem causar câncer – e que podem alterar a molécula do DNA e desencadear mutações que causam danos às células humanas. 

No entanto, a Anvisa informa que não é possível descartar a sua genotoxicidade, ou seja, a possibilidade de causar alterações no material genético.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar