Carregando...

Bactéria causou surto de pneumonia desconhecida na Argentina

Um conjunto de casos de pneumonia em Tucumán, Argentina, foi causado por legionella, bactéria que causa a doença dos legionários, segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Até sábado, um total de 11 casos de pneumonia foram identificados como parte do surto associado a uma clínica de saúde na cidade de San Miguel de Tucumán, incluindo quatro mortes em pacientes com condições de saúde subjacentes, informou a organização.

A organização disse no sábado que foi informada pelo Ministério da Saúde da Argentina que a legionella era a causa, e autoridades adicionais estão investigando a fonte.

O ministério está “coletando amostras ambientais, realizando avaliações de risco e implementando ações na clínica de saúde relacionadas ao surto”, disse a atualização. “A Opas está prestando apoio às autoridades sanitárias argentinas de sua sede e da Representação da Opas na Argentina para investigar e caracterizar o surto”.

A doença dos legionários é um tipo grave de pneumonia causada pela bactéria legionella. As pessoas podem ficar doentes quando respiram pequenas gotículas de água contendo a bactéria, causando uma infecção nos pulmões. A doença pode ser tratada com antibióticos.

A bactéria pode ocorrer em chuveiros e torneiras, banheiras de hidromassagem, torres de resfriamento, tanques de água quente, fontes decorativas ou sistemas de encanamento em grandes edifícios.

Alguns profissionais de saúde da clínica começaram a apresentar sintomas entre 18 e 22 de agosto, disse o Ministério Nacional da Saúde da Argentina em um comunicado anterior.

San Miguel de Tucumán é a capital da província agrícola de Tucumán, no noroeste da Argentina.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar