Carregando...

Vizinho que tentou ajudar a resgatar gêmeos em incêndio em Gararu recebe alta hospitalar

Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) — Foto: Divulgação/SES/Arquivo

Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) — Foto: Divulgação/SES/Arquivo

O vizinho da família dos gêmeos de quatro anos, mortos durante o incêndio em uma mercearia em Gararu, recebeu alta da Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), em Aracaju, nesta terça-feira (21).

O homem, de 36 anos, e outras quatro pessoas tentaram ajudar no resgate das crianças, ficaram feridas. Uma delas é a mãe dos gêmeos, 34, que segue internada na unidade. Ela teve 45% do corpo queimado, está intubada, sedada e com lesão inalatória profunda. O estado é considerado grave.

Depósito da mercearia após incêndio — Foto: CBM/ SE

Depósito da mercearia após incêndio — Foto: CBM/ SE

O incêndio

O incêndio ocorreu no sábado (18), no depósito da mercearia, que é da família dos gêmeos. Segundo parentes, eles costumavam brincar no local.

Os trabalhos de perícia para tentar identificar as causas do incêndio foram iniciados oficialmente nesta segunda-feira (20) pelo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe.

De acordo com um dos peritos responsáveis, major Eanes Alves, o trabalho poderá ficar prejudicado porque o local foi descaracterizado após passar por uma limpeza para a remoção dos resíduos do incêndio.

Os levantamentos periciais incluem procedimentos como análise da propagação das chamas, dos materiais e áreas atingidas, inspeção das instalações elétricas, registros fotográficos e coleta de imagens de câmeras e informações com pessoas. O laudo tem prazo de 30 dias para ser entregue, podendo ser prorrogado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*