Carregando...

Polícia prende homem suspeito de queimar corpo de grávida em Aracaju

Fachada Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis, DAGV Sergipe — Foto: Reprodução/TV Sergipe

Fachada Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis, DAGV Sergipe — Foto: Reprodução/TV Sergipe

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (5), o homem suspeito de queimar 60% do corpo da companheira, que está grávida de seis meses. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

O caso ocorreu no dia 7 de outubro, no Bairro Coroa do Meio, em Aracaju. A vítima tem 18 anos e continua internada em um hospital particular da capital sergipana, onde está tratando as queimaduras, que chegaram ao terceiro grau. O quadro de saúde dela e da bebê é estável.

Esposa acusa produtor musical de agressão

Segundo a família, o relacionamento, de cerca de oito meses, era abusivo, com frequentes agressões físicas e psicológicas. Antes do crime, ela teria dito ao homem que voltaria a morar com os pais.

"Foi aí que ele não concordou, jogou álcool em gel nela. Ela achou que era água, brincadeira dele. Aí depois acendeu o fósforo", disse o pai da vítima, Edmilson Reis.

Jovem se recupera de queimaduras em hospital de Aracaju— Foto: Arquivo pessoal

Jovem se recupera de queimaduras em hospital de Aracaju — Foto: Arquivo pessoal

"Hoje eu me sinto um nada, uma pessoa sem dignidade, sem confiança, com medo, traumatizada... E enquanto eu e a minha filha estamos aqui sofrendo as consequências da brutalidade desse monstro, ele permanece solto, vivendo a vida como se nada tivesse acontecido", cita o perfil em nome da vítima.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV).


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*