Carregando...

Influencer que fez vaquinha para pagar cirurgia tem complicações em procedimento e retira rim

Influencer fez campanha para pagar cirurgia de emergência em Sorocaba (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Influencer fez campanha para pagar cirurgia de emergência em Sorocaba (SP) — Foto: Arquivo pessoal

A influencer de jogos digitais de Sorocaba (SP) que fez uma vaquinha para pagar uma cirurgia de emergência teve complicações no procedimento e precisou retirar um rim.

Brenda Olivieri, de 28 anos, realizou o procedimento a laser para a retirada das pedras do rim e da bexiga no dia 22 de maio, no Hospital Evangélico de Sorocaba, após conseguir o valor necessário para a cirurgia em dois dias.

Todas as pedras que estavam impactadas foram removidas e o cateter que estava calcificado também foi retirado. No lugar foi colocado outro cateter, que ficaria no corpo da jovem por 15 dias.

Ao G1, Brenda contou que sentiu algumas dores durante a recuperação da cirurgia a laser e, 48 horas depois, precisou voltar ao hospital com picos de febre. No local, foram feitos vários exames.

"Quando chegou o resultado, foi um baque muito forte. Meu rim estava totalmente tomado por abscesso, ele já estava 'morto'. Esses abscessos foram formados por gases que a bactéria deixou. Infelizmente, foi uma bactéria bem rara que me afetou e existiam poucas chances de sucesso para o rim se salvar", conta.

A influencer também explica que, como o valor arrecadado com a vaquinha era apenas para a primeira cirurgia, ela foi internada às pressas na Santa Casa de Sorocaba, onde fez a retirada do rim o mais rápido possível.

Influencer descobriu pedra impactada no rim e fez campanha para pagar cirurgia de emergência — Foto: Arquivo pessoal

Influencer descobriu pedra impactada no rim e fez campanha para pagar cirurgia de emergência — Foto: Arquivo pessoal

A remoção do órgão aconteceu no último domingo (30) e, segundo Brenda, os médicos disseram, mais uma vez, que esta era uma cirurgia "bomba-relógio" e que ela corria risco de morrer.

"Eu tive muito medo de entrar naquela sala. Quem fez a cirurgia em mim foram dois 'anjos'. Eles definitivamente salvaram a minha vida!", comenta.

Seis dias após a segunda operação, a influencer continua em observação no hospital e torce para ter alta logo e poder ficar com a família. "O meu corte dói um pouco e sei que terei que viver com apenas um rim, como um filho único, mas fizemos de tudo, e o desfecho me livrou de algo muito pior."

Brenda tem compartilhado nas redes sociais todo o processo, desde a arrecadação da vaquinha até o desfecho inesperado da remoção do rim. Ela diz que está sendo forte e que acredita estar nas mãos de pessoas competentes.

"Ninguém está preparado para uma coisa dessa, mas a gente não sabe como e nem porque precisa passar por esses desafios."

"Finalmente, eu pude respirar e entender que, mais uma vez, passei por tudo, e que, dessa vez, eu estava livre. Lógico que com uma marca que vou levar para sempre, tanto na parte física, com a cicatriz, quanto em todos os momentos de desespero e medo", finaliza.

Influencer no hospital com muitas dores por causa de pedra impactada no rim — Foto: Arquivo pessoal

Influencer no hospital com muitas dores por causa de pedra impactada no rim — Foto: Arquivo pessoal

Cálculos renais

O problema da jovem começou em dezembro de 2020, enquanto ela estava participando de um evento do Google para jogadores profissionais online chamado Play On Challenge.

A influencer se sentiu indisposta, com quadros de febre e quase desmaiou. No dia anterior ao campeonato, ela foi levada a um hospital em São Paulo (SP), onde foram constatado os cálculos renais.

Os médicos informaram que a gamer precisaria de tratamento, mas que, por conta da pandemia, não havia vaga de internação no hospital, ao qual ela ia todos os dias para tomar medicação.

A jovem então foi trazida para Sorocaba, onde foi internada às pressas na Santa Casa, e a infecção e a febre foram tratadas. Por falta de equipamentos para fazer a retirada da pedra, no dia 13 de dezembro, foi colocado um cateter duplo J para garantir o fluxo da urina entre o rim e a bexiga da jovem.

Segundo Brenda, os médicos informaram que ela poderia ficar 90 dias com o cateter e que, neste tempo, faria o tratamento em casa.

Cinco meses depois, a influencer voltou a ter más notícias. No dia 12 de maio, Brenda descobriu que o cateter havia calcificado e que uma pedra havia se formado na ponta dele, agravando a situação.

Brenda Olivieri participou da última edição da revista Playboy— Foto: Arquivo pessoal

Brenda Olivieri participou da última edição da revista Playboy — Foto: Arquivo pessoal

Carreira

Brenda cresceu em Sorocaba e, com 14 anos, entrou para a área da comunicação em uma TV local. Logo depois, deu início à criação de conteúdos para as redes sociais e, aos 19 anos, seu canal no YouTube sobre cultura pop e entretenimento começou a ter visibilidade na internet.

Com isso, várias propostas de trabalhos surgiram em São Paulo e foi quando ela decidiu se mudar para a capital e seguir carreira na área. Ainda assim, fazia muitos eventos como modelo em Sorocaba, os quais a ajudavam a se manter sozinha. Brenda também já foi coelhinha da Playboy e, em 2017, participou da última capa da revista no Brasil.

Com o tempo, a jovem entrou para a área dos games e jogos online, virando uma streamer. "Começou a se tornar uma paixão para mim. Todos os dias eu faço lives de quatro a cinco horas jogando", conta.

No mês de maio, a streamer participou da apresentação do campeonato feminino de Free Fire, Camplota, transmitido na TV aberta Loading. Mesmo com dores e com todos os problemas, ela não deixou essa oportunidade passar, pois pretende crescer como apresentadora.

VÍDEOS: veja as reportagens do Bom Dia Cidade e do TEM Notícias

200 vídeos

*Colaborou sob supervisão de Ana Paula Yabiku

Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar