Carregando...

Operação em Paraty mira facção criminosa envolvida com tráfico de drogas e morte violenta de jovem

A Polícia Civil de Paraty (RJ) realiza nesta terça-feira (8) uma operação que mira integrantes de uma facção criminosa envolvida no tráfico de drogas e outros crimes. Entre eles, a morte violenta de uma jovem.

O crime aconteceu em maio. Juliana Carlos dos Santos, de 25 anos, teve o corpo queimado, cortado e enterrado na areia da Praia do Jurumirim.

A ação tem como objetivo prender os responsáveis pelo assassinato da mulher. Nas investigações, segundo a Polícia Civil, foi constatado que a motivação do crime teria sido a gravação de imagens de uma festa feita pela vítima para as redes sociais.

"A vítima, ao participar de um baile funk promovido por traficantes na Ilha das Cobras, reduto da facção criminosa que domina o bairro, teria começado a filmar o ambiente com a finalidade de fazer postagens em seu perfil nos aplicativos de suas mídias sociais, fato este que despertou a atenção dos traficantes locais, os quais entenderam que a jovem estaria fazendo a divulgação da presença deles para traficantes rivais", explica nota divulgada pela Polícia Civil.

Conforme o apurado pela polícia, a jovem teria sido retirada da festa à força, levada para a Praia do Ticupe, onde teria sido "violentada e barbarizada", e depois para a Praia do Jurumirim, onde deram fim ao corpo.

VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*