Carregando...

Suposta tentativa de sequestro no zoológico não passou de mal-entendido, diz prefeitura de Volta Redonda

Suposta tentativa de sequestro no zoo foi mal-entendido, diz prefeitura de Volta Redonda

Suposta tentativa de sequestro no zoo foi mal-entendido, diz prefeitura de Volta Redonda

Um áudio em tom de alerta compartilhado em redes sociais ganhou repercussão em Volta Redonda (RJ) nesta quinta-feira (4).

A mensagem era de uma mulher que estava com o filho no Zoológico Municipal na quarta-feira (3) e se sentiu incomodada com a presença de três homens. Segundo ela, a sensação era de que estava sendo vítima de uma tentativa de sequestro.

O caso foi apurado pela Polícia Civil e acompanhado pela prefeitura de Volta Redonda, responsável pela administração do zoológico. Imagens de câmeras de segurança foram analisadas.

Segundo nota divulgada pelo poder público, através da assessoria de comunicação, o episódio foi considerado um mal-entendido.

Diante da repercussão do áudio, os três homens citados, que são amigos e estavam no zoológico acompanhados de esposas e filhos, se apresentaram de forma espontânea na delegacia para esclarecer a situação.

“A gente estava lá, brincando, rindo. Fomos à delegacia com medo de acontecer alguma coisa conosco, de exporem uma imagem nossa, ser apontado no meio da rua, ser linchado. Isso já aconteceu em outros casos de julgamentos públicos e depois não adianta, não dá para voltar atrás”, disse um dos homens.

Os três acreditam que a confusão pode ter sido causada por uma frase dita por um deles na tentativa de tirar foto de uma onça: 'Pega ela agora, senão, a gente não vai pegar ela depois", justificou.

O coordenador do zoológico de Volta Redonda, Jadiel Teixeira, se encontrou com os três citados nesta quinta-feira.

“Assustadora a repercussão. Ninguém aqui tem de julgar a mulher, mas temos nossos funcionários, a administração... A senhora poderia ter nos procurado. O Zoológico de Volta Redonda é um local seguro, tranquilo e nunca tivemos nenhuma situação deste tipo em seu interior. Mas aproveito o espaço para poder convidá-los a estarem novamente conosco, junto com suas famílias, com tudo pago: pedalinho, lanche, sorvete”, disse Jadiel, se colocando à disposição também para receber a mulher que gravou o áudio e seus familiares, assim que ela desejar.

O comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, João Batista dos Reis, reforçou a fala do coordenador do zoológico e lembrou que o local, em todo a sua história, nunca registrou um caso de assédio ou crime.

“O local não tem este histórico. É um local seguro, que além de contar com um guarda fixo, também temos as rondas. O [programa] 'Segurança Presente' também faz rondas em seu interior. Além disso, o local é um lugar monitorado e temos toda a segurança necessária”, garantiu Batista.

O g1 tentou contato com a mulher que gravou o áudio após a conclusão do caso, mas não obteve retorno.

Clique aqui e siga o g1 no Instagram

VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar