Carregando...

Sem máscaras, banhistas lotam praia e se aglomeram em meio a pandemia no norte do Tocantins

Pessoas são flagradas aglomerando em praia de Araguatins

Pessoas são flagradas aglomerando em praia de Araguatins

Banhistas lotaram a Praia da Ponta e causaram aglomeração no último fim de semana, em Araguatins, região do bico do papagaio. Um vídeo feito no local mostra várias pessoas sem máscaras, se refrescando e outras sentadas nas cadeiras que são colocadas dentro do rio.

O flagrante foi parar nas redes sociais. As imagens mostram que no local há várias barracas, banhistas adultos e crianças, além de mesas ocupadas por várias pessoas.

No mês de junho, inicia-se a temporada de praias em todo o estado. Banhistas se juntam para aproveitar os bancos de areia que se formam nos rios e curtir os shows musicais. No entanto, não houve programação em 2020 e os eventos devem seguir suspensos neste ano, por causa da pandemia.

Além de ser um risco aos moradores, a aglomeração desrespeita o último decreto, publicado no dia 17 de maio, pela prefeitura de Araguatins. No texto, o município mantém as medidas restritivas até o dia 30 de junho.

Praia de Araguatins fica lotada durante a pandemia— Foto: Reprodução

Praia de Araguatins fica lotada durante a pandemia — Foto: Reprodução

Conforme o decreto, fica proibido, qualquer evento, seja público ou privado, tais como, aniversário, casamento, shows, palestras, reuniões em espaços públicos ou privados, que gerem aglomeração.

O texto também proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, em qualquer horário.

Os comerciantes que desobedecerem podem pagar multa de R$ 1 mil, e em caso de reincidência o valor será triplicado, com cassação do alvará de licença.

Por telefone, o prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia (PP), disse que tem decreto vigente com medidas rígidas, e tem colocado fiscalização nas ruas da cidade. Mas, relata a dificuldade de conter aglomeração, uma vez que a cidade tem praia, e é uma região de fronteira. E enquanto ele organiza a cidade, há pessoas de outras regiões que atravessam o rio e ficam na praia.

Ainda segundo ele, na cidade há pelo menos 15 fiscais de várias frentes de segurança, tentando realizar a fiscalização referente às medidas de contenção da Covid-19, mesmo assim as pessoas não obedecem. Ele pediu a colaboração das pessoas.

Em nota, a secretária Municipal de Saúde, Simydarkuia Araújo, afirmou que mesmo com colapso no sistema de saúde da região, os desejos de jovens por participar de festas clandestinas parecem não acabar, assim como frequentar ambientes sem qualquer tipo de medidas de proteção, o que põe a população em risco e sobrecarrega o serviço de saúde pública.

Sobre as imagens que circularam nas redes sociais, ela disse que é visível e notório o funcionamento de barracas na praia da Ponta, de forma irregular, gerando grandes aglomerações.

Sobre o caso, a secretária ainda afirmou que a pasta deve se reunir com o comitê de enfrentamento da Covid-19 do município, para tomar providências junto aos responsáveis.

“Imploramos que tenham empatia e senso de responsabilidade. Não é concebível que pessoas festejem num momento tão delicado na vida de 55 famílias enlutadas por essa doença só aqui em Araguatins”, disse.

Conforme o último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde, Araguatins registrou 2.189 infectados desde o início da pandemia, e 55 mortes.

O município informou ter recebido 10.894 doses da vacina contra o novo coronavírus. Ao todo, 7.021 já foram aplicadas. A porcentagem de população vacinada é de 12%.

Veja a taxa ocupação leitos de UTI Covid na região norte

  • Hospital Regional de Araguaína - 100% de leitos ocupados
  • Hospital Regional de Augustinópolis - 100%
  • Hospital Dom Orione - 100%
  • Hospital Municipal de Campanha - 100%
  • Instituto Sinai - 100%
  • Hospital Municipal de Araguaína - 17% (UTI Pediátrica)

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*