Carregando...

Homem é preso suspeito de montar 'delivery' de cocaína que aceitava até pagamento via PIX

Suspeito foi preso em Arapoema — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Suspeito foi preso em Arapoema — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 24 anos foi preso pela Polícia Civil suspeito de montar um 'serviço de entregas' de cocaína em Arapoema, no norte do Tocantins. O delivery da droga seria operado por um morador da cidade que trazia entorpecentes de outros municípios. As vendas à domicílio seriam para evitar que a movimentação de usuários chamasse atenção dos vizinhos e da polícia.

  • Compartilhe essa notícia no WhatsApp
  • Compartilhe essa notícia no Telegram

"Para agilizar as vendas e também as entregas, o suspeito utilizava uma motocicleta e possuía meios modernos para recebimento pela venda das porções e ainda entregava no local onde o cliente desejasse", afirma o delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, que cuidou da investigação.

O nome do suspeito não foi divulgado pela Secretaria de Segurança Pública, apenas as iniciais M.P.B. Por isso o g1 não conseguiu contato com a defesa dele.

Drogas já estavam embaladas para venda — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Drogas já estavam embaladas para venda — Foto: Divulgação/Polícia Civil

No momento em que o suspeito foi preso, na noite da terça-feira (9), a polícia encontrou cerca de um quilo de cocaína já separada para entrega e R$ 1 mil em espécie. O valor movimentado no esquema pode ser maior porque os investigadores acreditam que o traficante também recebia dos clientes via transferências PIX, na própria conta bancária, antes de sair para fazer as entregas.

O homem foi levado primeiro até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Colinas, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Depois, foi transferido à Unidade Penal de Colinas, onde segue detido. Se for condenado pelo crime de tráfico de drogas, o rapaz pode pegar uma pena de até 15 anos de prisão.

Material foi apreendido na casa do suspeito — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Material foi apreendido na casa do suspeito — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*