Carregando...

Tribunal de Justiça aumenta auxílio-alimentação dos juízes e servidores para R$ 2,1 mil por mês

Sede do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) — Foto: Divulgação/Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO)

Sede do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) — Foto: Divulgação/Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO)

A Comissão de Regimento e Organização Judiciária do Tribunal de Justiça do Tocantins publicou um acórdão aprovando um aumento de 24,82% no auxílio-alimentação dos juízes e servidores do Judiciário. O benefício saltou de 1,7 mil para R$ 2.122 por mês, ou seja, um reajuste de R$ 422.

O documento foi publicado na terça-feira (2) e o novo valor vai começar a valer a partir de 1º de outubro de 2022. O último reajuste no benefício tinha sido em 2019, quando o aumento foi de 41,6%, saltando de R$ 1,2 mil para R$ 1,7 mil.

O auxílio-alimentação é pago para todos os servidores do judiciário, incluindo os magistrados, servidores efetivos, funcionários requisitados ou cedidos de outros poderes e até os comissionados, que são contratados sem concurso público.

Com esse novo aumento o valor do auxílio se aproxima de quase dois salários mínimos. O reajuste deverá ser pago para 2.140 funcionários do Tribunal de Justiça. Por mês o gasto apenas com o pagamento deste benefício será de R$ 4,5 milhões aos cofres públicos.

Levando em consideração todo o valor do benefício (R$ 2.122), o custo anual do auxílio-alimentação vai saltar de R$ 41 milhões para R$ 54 milhões ao ano. Em 2022, o orçamento do judiciário tocantinense é de R$ 694.855.187,00.

Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

200 vídeos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*