Carregando...

Alunos da rede municipal de Uberlândia retomam aulas remotas nesta segunda-feira

Escola Municipal Hilda Leão em Uberlândia — Foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação

Escola Municipal Hilda Leão em Uberlândia — Foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação

Após a antecipação do recesso escolar de julho, as aulas das escolas municipais de Uberlândia serão retomadas nesta segunda-feira (5) no formato remoto por meio do programa Escola em Casa. Todo o material produzido pela Secretaria Municipal de Educação estará disponível no portal da Prefeitura e também será transmitido pela TV Universitária (veja abaixo).

O ano letivo municipal teve início em fevereiro com aulas presenciais e remotas. Após uma ação, a Justiça suspendeu as atividades presenciais na cidade ainda na segunda semana de fevereiro. Depois disso, a Prefeitura de Uberlândia suspendeu também as atividades remotas, antecipando o recesso escolar de julho. Já no dia 30 de março, o Município anunciou a retomada das aulas de modo remoto.

"Já foram discutidas todas as diretrizes do retorno e na segunda-feira (5) acontecerá a volta dos diretores e professores às escolas e serão retomadas as aulas na tv e na internet. Toda a nossa esquipe continua empenhada e produzindo o melhor material para o desenvolvimento dos nossos alunos", disse a secretária municipal de Educação, Tânia Toledo.

Escola em Casa

O programa Escola em Casa teve início no mês de abril de 2020 como um portal on-line, onde os estudantes da rede municipal de ensino têm acesso gratuito a materiais didáticos diversos durante o período de suspensão temporária das aulas presenciais. Posteriormente, desde o dia 1º de junho, o programa foi expandido para TV aberta com exibição diária de videoaulas gratuitas disponibilizadas, também, no Portal Escola em Casa e no canal do Youtube da Prefeitura de Uberlândia.

Os conteúdos são interdisciplinares e estão sendo produzidos pela equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, com apresentação conduzida pelos próprios professores. Os programas contemplam a Educação Infantil, todos os anos do Ensino Fundamental, a Educação de Jovens e Adultos (EJA), o Programa Municipal de Alfabetização de Jovens e Adultos (Pmaja) e o Atendimento Educacional Especializado (AEE).

A disponibilização dos conteúdos das videoaulas e dos materiais didáticos é feita em sincronia na plataforma Escola em Casa, de acordo com o planejamento do semestre elaborado pela Secretaria Municipal de Educação. Cada videoaula comporta três componentes curriculares, reforçados pelos materiais disponibilizados semanalmente no portal Escola em Casa.

Apostilas

Para quem não tem condições de imprimir o material ou não possui acesso à internet, as escolas fornecem as apostilas. Desta forma, o material será entregue impresso quinzenalmente, de acordo com o cronograma que cada escola divulgará por meio do whatsapp ou redes sociais.

Horários de exibição do Escola em Casa em TV aberta (canal aberto 4.1 e 8 na Algar IPTV):

– Segunda a sexta-feira, das 9h às 10h30 (Educação Infantil e Ensino Fundamental)

– Segunda, quarta e sexta-feira, das 19h30 às 20h30: Educação de Jovens e Adultos e Programa Municipal de Alfabetização de Jovens e Adultos

Escola em Casa TV Uberlâdia cronograma — Foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação

Escola em Casa TV Uberlâdia cronograma — Foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação

Aulas remotas

As aulas das escolas municipais de Uberlândia serão retomadas na próxima segunda-feira (5) de forma remota e o Município decidiu que as atividades não presenciais podem permaner vigentes até o final do ano escolar de 2021. A decisão foi publicada em uma resolução da Secretaria Municipal de Educação no Diário Ofical do Município (DOM) desta terça-feira (30).

Conforme a chefe da pasta de Educação, a Prefeitura de Uberlândia vai ampliar o acesso dos estudantes aos meios remotos. "Estamos realizando ações desde o final de 2020, quando percebemos que essa situação de aulas remotas continuaria em 2021. Então, a Prefeitura de Uberlândia está adquirindo tabletes para estudantes cadastrados no Bolsa Família; e também pacote de dados para essas famílias de renda mais baixa", explicou Tânia Toledo.

A Secretaria de Educação ainda explicou que o artigo que permite que as atividades não presenciais permaneçam vigentes até o final do ano escolar de 2021 não descarta o retorno das aulas presenciais. Caso o cenário da pandemia de Covid-19 mude e favoreça o retorno presencial, a pasta deverá publicar uma nova decisão permitindo das atividades presenciais.

  • Kits alimentação são distribuídos para alunos das escolas municipais de Uberlândia; saiba como se cadastrar

Nova resolução

Na nova resolução publicada no DOM nesta terça-feira, o Município regulamenta o modelo de ensino híbrido, a oferta das atividades não presenciais e estabelece as normas gerais, como política pública de estratégia pedagógica para o cumprimento da carga horária curricular obrigatória prevista para o ciclo dos anos letivos de 2020 e 2021.

Conforme a regra, as atividades não presenciais podem ocorrer por meio digital (videoaulas, conteúdos organizados em plataformas virtuais de ensino e aprendizagem, redes sociais, correio eletrônico, blogs), por sistema televisivo e de radiodifusão (programas educativos e culturais, transmitidos por rede de televisão do sinal aberto e/ou por transmissão por rádio), pela distribuição de material didático impresso, quando necessário, aos estudantes e seus pais ou responsáveis, sob orientações pedagógicas, e pela orientação de leitura, projetos, pesquisas, atividades e exercícios indicados nos materiais didáticos pertinentes.

A resolução ainda apresenta as normas específicas para a Educação Infantil, o Ensino Fundamental, a Educação de Jovem e Adultos (EJA), o Programa Municipal de Jovens e Adultos (PMAJA) e a Educação Especial.

A divulgação também normatiza a organização do ensino híbrido e das atividades não presenciais, a organização do regime de trabalho nas unidades escolares e a avaliação da aprendizagem.

Escola Municipal Professor Luis Rocha e Silva em Uberlândia — Foto: Arcênio Corrêa/G1

Escola Municipal Professor Luis Rocha e Silva em Uberlândia — Foto: Arcênio Corrêa/G1

Ano letivo em 2021

No dia 14 de janeiro de 2021, a Câmara de Uberlândia realizou audiência pública para discutir o tema com pais de alunos, professores, diretores e proprietários de estabelecimentos de ensino. A secretária de Educação, Tânia Toledo, também participou do evento virtual.

A volta às aulas no Município foi prevista para o dia 8 de fevereiro de 2021após deliberação do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19. Segundo a Prefeitura, as salas de aula deveriam receber, no máximo, 50% da capacidade total de alunos. A outra metade deveria acompanhar as aulas remotamente.

Ainda segundo o Município, pais ou responsáveis poderiam escolher se mandariam ou não os alunos para as aulas presenciais. Quem não quisesse, seguiria no aprendizado remoto.

No início de janeiro, as entidades representativas de professores das redes municipal e particular de ensino de Uberlândia se posicionaram sobre o retorno das atividades presencias. Dia 29 de janeiro, um grupo manifestou contra o calendário presencial e alertou sobre os riscos na transmissão da doença e falta de vacina.

Menos de uma semana antes da volta às aulas, após serem procurados por profissionais da educação para pedir providências em relação ao assunto, a Defensoria Pública recomendou que a Prefeitura adiasse a volta presencial. Como não houve resposta do Município, uma ação judicial foi proposta e acatada pela Justiça, que mandou suspender as atividades presenciais em escolas municipais e particulares de Uberlândia.

No dia 19 de fevereiro, a Prefeitura publicou a suspensão também das atividades remotas no Diário Oficial do Município a até o dia 19 de março. Já no dia 19 de março, o Município

Ano letivo em 2020

As atividades escolares presenciais em instituições públicas e privadas foram suspensas em março de 2020 devido à pandemia de Covid-19. Quase nove meses depois, em dezembro, a Prefeitura de Uberlândia autorizou a elaboração do protocolo para retomada. A cartilha com as medidas de segurança foi anunciada no dia 11 de dezembro.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar