Carregando...

Casal procurado em 7 estados brasileiros por estelionato virtual é preso em Uberlândia

materiais apreendidos em Uberlândia estelionato virtual 30/08/2021 — Foto: Polícia Civil/Divulgação

materiais apreendidos em Uberlândia estelionato virtual 30/08/2021 — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um casal, de 20 e 28 anos, foi preso em Uberlândia na segunda-feira (3) por estelionato virtual. Segundo a Polícia Civil, os dois suspeitos são procurados em sete estados brasileiros pelo crime, com vítimas em Santa Catarina, Rio Grande do Norte, São Paulo, Paraná, Goiás, Ceará e Bahia.

Com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais, a Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu dois mandados de prisão temporária e de três mandados de busca e apreensão em Uberlândia. Conforme os policiais, o rapaz, de 28 anos, e a jovem, de 20 anos, presos já foram conduzidos para Florianópolis (SC).

De acordo com a Polícia Civil, o cumprimento dos mandados ocorreu em um apartamento no Bairro Santa Mônica. Os suspeitos não reagiram à abordagem. Com eles foram apreendidos papéis diversos, telefones celulares, um documento falso, dois notebooks, quatro máquinas de cartão e nove cartões bancários.

O casal estava morando em Uberlândia. O jovem tem antecedentes criminais por tráfico de drogas. A ordem de prisão e da busca e apreensão foi expedida pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Florianópolis.

Segundo informações dos policiais catarinenses, além do estelionato virtual o casal será investigado também por associação criminosa e lavagem de dinheiro. Há suspeita de que ambos agiam em conjunto com outros criminosos.

O apoio dado pelos policiais uberlandenses foi feito por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e teve a coordenação do delegado Fábio Ruz. Ele informou que o golpe dos investigados consistia na abertura de contas bancárias em nomes de terceiros, com o objetivo de realizar empréstimos pessoais e ainda financiamentos bancários em nome das vítimas.

Inicialmente, a fraude eletrônica gerou um prejuízo estimado em mais de R$ 50 mil, mas a suspeita é de que o valor seja ainsa maior. As vítimas estão sendo ouvidas no inquérito policial.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

200 vídeos

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar