Carregando...

Queimadas deixam quase 26 mil sem energia no Triângulo e Alto Paranaíba entre janeiro e julho de 2021, segundo Cemig

Incêndio registrado próximo ao Bairro Copacabana em Patos de Minas no dia 8 de agosto — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Incêndio registrado próximo ao Bairro Copacabana em Patos de Minas no dia 8 de agosto — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Segundo levantamento da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), 17 ocorrências de danos à rede elétrica causados por incêndios foram registradas em cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba entre janeiro e julho de 2021. Esses incidentes prejudicaram a continuidade do fornecimento de energia para quase 26 mil pessoas.

Ainda segundo a companhia, esse índice é maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram anotadas 15 ocorrências, com 7,5 mil clientes prejudicados.

Já no estado de Minas Gerais, a Cemig registrou 145 queimadas que interferiram no funcionamento da rede elétrica de mais de 277 mil consumidores entre janeiro e julho. Em 2020, foram 93 ocorrências que causaram interrupção para cerca de 43 mil pessoas no mesmo período.

“O aquecimento dos cabos e equipamentos da rede elétrica pode levar ao desligamento de linhas de transmissão, linhas de distribuição e subestações e, pior, causar graves acidentes com pessoas que estão próximas a essas áreas. Portanto, são muitos os transtornos causados para quem depende da energia elétrica que é interrompida pelas queimadas”, explicou o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares.

Ainda segundo Soares, um dos maiores desafios para as equipes de campo da Cemig é chegar ao local da rede elétrica atingida para realizar a manutenção.

“Normalmente, esses locais são de difícil acesso e em áreas muito amplas. Além disso, levar estruturas pesadas, como torres e postes, em áreas acidentadas torna ainda mais desafiadora a manutenção das redes prejudicadas pelas queimadas”, afirma.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*