Carregando...

Segundo suspeito de matar homem que estava no carro com mulher e filha é preso em Uberlândia

O segundo suspeito de participar do homicídio de um homem de 45 anos em Uberlândia foi preso na terça-feira (14) no município. O primeiro suspeito já havia sido preso na segunda-feira (13), dia em que ocorreu o crime. Além da vítima fatal, uma mulher de 31 anos também ficou ferida após ser atingida por disparos de arma de fogo.

Conforme a Polícia Civil, um inquérito já foi aberto para investigar o caso. O segundo suspeito foi preso pela Polícia Militar (PM) e levado para a Delegacia de Plantão.

Ainda segundo os policiais civis, o primeiro suspeito preso, de 41 anos, foi ouvido e teve o depoimento gravado, onde confessou o crime e disse ter uma desavença com a vítima que morreu, devido a uma dívida, e que ambos já praticaram roubos juntos.

O suspeito, de 41 anos, teve que ser encaminhado ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), pois foi atingido por tiros pela PM, enquanto tentava fugir dos policiais. O G1 procurou a unidade para saber o estado de saúde dele, mas não obteve retorno até a última atualização da matéria.

O crime

Na segunda-feira, o casal estava indo de carro, junto com a filha, para receber um empréstimo e poder pagar uma dívida, quando uma moto se aproximou, um suspeito de 41 anos desceu e realizou diversos disparos contra eles.

O homem foi atingido por oito tiros e morreu no local, enquanto a mulher foi atingida por três disparos. Após o crime, a PM conseguiu identificar e prender o suspeito de ter realizado os disparos e apreender a arma de fogo.

Diferente do que foi passado pela Polícia Civil, no Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), consta que o suspeito disse aos militares que foi contratado para matar.

A mulher de 31 anos foi levada ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). O G1 perguntou à unidade sobre o estado de saúde dela, mas o hospital não informa os boletins sobre os pacientes.

No carro em que os dois estavam, também havia a filha do casal, de 9 anos de idade. Ela não foi atingida e ficou sob os cuidados da avó materna.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar