Carregando...

Clima: Inmet emite alerta laranja com perigo de tempestade para cidades do Triângulo e Alto Paranaíba; veja orientações

Imagem de céu nublado em Uberlândia na manhã desta quinta-feira (14) — Foto: João Ricardo Camilo/g1

Imagem de céu nublado em Uberlândia na manhã desta quinta-feira (14) — Foto: João Ricardo Camilo/g1

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de tempestades para cidades do Triângulo e Alto Paranaíba. O aviso começou a valer às 10h01 desta quinta-feira (14)e está previsto para terminar às 11h de sexta-feira (15). (Veja abaixo a situação em algumas cidades, os riscos e orientações)

Alerta laranja

O alerta emitido pela Inmet prevê chuvas entre 30 e 60 milímetros em uma única hora, ou então, 100 milímetros em um dia. São esperadas rajadas de vento acima de 60 km/h e queda de granizo.

Aog1 , o Inmet explicou que esses alertas são emitidos quando há condições de instabilidade na atmosfera, que favorecem a formação de nuvens com condições de emitir uma grande quantidade de chuva.

O Instituto reforçou que isso não significa que as tempestades ocorreram em toda a região e que elas podem acontecer em lugares isolados.

Conforme a climatologista Wanda Prata, o primeiro município a receber chuva forte deverá ser Frutal, mas a condição deve se estender para as outras cidades do Triângulo e Alto Paranaíba durante o fim de semana.

“O céu já está ficando nublado e podemos ter ventos fortes, granizos e chuva significativa”, alertou.

Isso ocorre devido a atuação de dois fenômenos: um cavado atmosférico e os ventos fortes.

“Em superfície temos uma baixa pressão, que chamamos de cavado atmosférico. Ele propicia que o ar suba para a atmosfera, leve umidade e forme nuvens. Nos altos níveis, temos ventos fortes acontecendo, que causam instabilidade na atmosfera”, explicou o climatologista Lanzoerques Júnior.

O Inmet informou que essas condições são características da primavera.

Mapa do Inmet mostra região do Triângulo e Alto Paranaíba em laranja — Foto: Inmet

Mapa do Inmet mostra região do Triângulo e Alto Paranaíba em laranja — Foto: Inmet

Uberlândia

Junior ressaltou que as condições para a região de Uberlândia devem se agravar na tarde e noite de sexta-feira, quando é esperado um tempo severo. A Defesa Civil do município emitiu um alerta amarelo para a cidade.

Em qualquer situação emergencial, a comunidade deve ligar imediatamente para o número 199, ou para o Corpo de Bombeiros no 193 e a Polícia Militar no 190.

Recomendações também poder ser vistas no Plano de Emergência Pluviométrica (PEP).

Riscos e orientações do Inmet

Os riscos apontados pelo Inmet são de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

A orientação é que, em caso de rajadas de vento, a população não se abrigue debaixo de árvores para se prevenir do risco de queda e descargas elétricas.

Os veículos não devem ser estacionados próximos à torres de transmissão e placas de propaganda.

O Inmet também orientou que a população desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia, se for possível.

Orientações da Defesa Civil

Antes das chuvas

  • Fazer manutenção nos telhados, desobstruir os canos das lajes, limpar as calhas, conferir se as telhas estão pregadas;
  • Não jogar lixo ou entulho em bueiros, quintais e ruas. Sempre colocar os sacos de lixo nas lixeiras, evitar deixá-los diretos na calçada.
  • Reforçar muros e paredes que tenham perigo de cair;
  • Fazer revisões nas instalações elétricas;
  • Desligar os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios;
  • Colocar móveis e outros pertences em lugares altos, caso sua moradia esteja localizada em locais sujeitos a alagamento;
  • Acompanhar os boletins de avisos e alertas dos Institutos de Meteorologia pela internet ou pelos órgãos da imprensa.

Durante as chuvas

  • Manter-se atento aos níveis das águas;
  • Manter portas e janelas da casa fechadas para evitar entrada de ventos fortes e animais;
  • Não se proteger embaixo de árvores, pois elas atraem raios e, se houver granizo, é aconselhável que se abrigar em lugares seguros, com boas coberturas;
  • Não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos;
  • Não se arriscar em atravessar a pé ou com veículos em ruas e pontes alagadas ou com enxurradas;
  • Se a casa estiver em risco de alagamento ou desabamento, chamar imediatamente a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros;
  • Em caso de alagamento é recomendado evitar contato com as águas, pois além da contaminação que pode causar graves doenças, há também o risco de choque elétrico.

Depois das chuvas

  • Verificar as instalações elétricas antes de ligá-las;
  • Fazer revisões de possíveis danos em moradias (paredes, telhados, etc);
  • Ter cuidado com animais (aranhas, cobras e ratos em casa);
  • Verificar se houve obstrução de ralos, bueiros e calhas.

Orientações aos motoristas

  • Evitar trafegar em vias alagadas, procure sempre rotas alternativas ou aguarde a chuva passar em lugar seguro;
  • Em dias nublados, evitar deixar os veículos estacionados próximos a árvores, principalmente as mais antigas;
  • Não estacionar veículos em regiões íngremes e próximas a postes durante as chuvas
  • Durante a incidência de raios, a melhor proteção é permanecer no interior do veículo;
  • Checar o bom estado dos limpadores, das borrachas das paletas e do motor dos limpadores;
  • Certificar-se que o desembaçador está funcionando corretamente;
  • Ligar as luzes durante uma chuva intensa (mesmo que seja dia claro) para que outros motoristas vejam o veículo.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*