Carregando...

Dia do Estagiário: conheça a história do estudante de 65 anos que faz estágio em biblioteconomia em MG

Adelino Gonçalves, de 65 anos, é estagiário em uma biblioteca em Uberaba — Foto: Reprodução/TV Integração

Adelino Gonçalves, de 65 anos, é estagiário em uma biblioteca em Uberaba — Foto: Reprodução/TV Integração

O Dia do Estagiário é celebrado em 18 de agosto.Normalmente, essa função é ocupada, dentro das empresas, por jovens que cursam uma faculdade e que buscam no estágio uma oportunidade de entrar pela primeira vez no mercado de trabalho.

Porém, um morador de Uberaba (MG) é uma exceção a esse padrão. Aos 65 anos, Adelino Gonçalves atua como estagiário na área de biblioteconomia e é a prova de que nunca é tarde para buscar o que se deseja.

Em entrevista à TV Integração, exibida nesta quinta-feira (18), ele falou sobre como é a experiência de estagiar nessa fase da vida.

Seu Adelino

Aos 65 anos, Adelino conta que fazer uma faculdade sempre pareceu um sonho distante, mas ele nunca desistiu. Agora, o estudante está no último período do curso de biblioteconomia na Facthus e diz valorizar cada experiência no estágio.

"Qualquer formação sem o estágio é incompleta. O estágio completa a gente, porque você exercita aquilo que você aprendeu. Você coloca tudo na prática, é uma experiência fascinante", contou.

Além do estágio em uma biblioteca e das aulas da faculdade, Adelino trabalha como vigia noturno para a Prefeitura de Uberaba e como voluntário em uma farmácia. Para ele, escrever novos capítulos da vida vale cada minuto dentro da sala de aula e em meio aos livros.

"Eu estou me realizando dentro da biblioteconomia e dentro da minha vida em si. Em palavras, é até difícil de expressar a importância disso na minha vida", completou o estudante.

Dia do Estagiário: conheça um idoso que é estagiário de biblioteconomia em Uberaba

Dia do Estagiário: conheça um idoso que é estagiário de biblioteconomia em Uberaba

Crescimento

Uma pesquisa realizada pelo Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) aponta que o número de estagiários está em alta no Brasil. Entre janeiro e março deste ano, mais de 726 mil estudantes trabalhavam nessa função no país, número 18,2% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

Para a especialista em recursos humanos Ana Tomé, o período de estágio é uma boa oportunidade de os alunos saírem da sala de aula já com a entrada no mercado de trabalho encaminhada.

"É o momento dele [o estudante] investir na carreira que escolheu e, pessoalmente, é uma oportunidade para fortalecer autoconfiança, uma vez que, à medida que adquiri novas responsabilidades descobre habilidades que são desconhecidas", afirmou.

O estudante de medicina veterinária Henrique Imada atua como estagiário no setor de animais silvestres do Hospital Veterinário de Uberaba (HVU) há 3 anos. Ele conta que se apaixonou pela área após uma visita que fez ao espaço no primeiro mês de faculdade e que, após o estágio, definiu que quer seguir esse caminho profissional.

"O estágio fez todo o sentido pra mim, foi o que me fez continuar cada dia mais na faculdade. Eu me apaixonei por tudo que pude presenciar aqui", contou Henrique à TV Integração.

Estudante Henrique Imada cuida de tamanduá no HVU em Uberaba — Foto: Reprodução/TV Integração

Estudante Henrique Imada cuida de tamanduá no HVU em Uberaba — Foto: Reprodução/TV Integração

Já para Kamila Tayar, que também é estagiária no HVU, o estágio pode ser uma oportunidade de conhecer novas áreas e ter experiências diferentes.

"Quero conhecer todas as áreas, passar por diversos estágios e aprender um pouquinho de tudo. Isso para, no final, eu ter certeza do caminho que quero seguir e ter mais sucesso na minha carreira", disse a estudante.

*Estagiário sob supervisão de Carolina Portilho.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

50 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar