Carregando...

Não é magia! Descubra como a pasta de dente limpa a sua boca

Foto: Pexels

Criada oficialmente em 1955, a pasta de dente fluoretada é um ítem mais que indispensável na boa higiene bucal. Aliada no combate à placa bacteriana e à cárie, hoje em dia é impossível pensar em uma boa limpeza dos dentes sem o uso do creme, de uma escova macia e do fio dental. Seu uso é tão automático que sequer paramos para pensar em como a substância, que é cheia de tecnologia, age na nossa dentição.

Muita gente não sabe, mas os cremes dentais são feitos, basicamente, por seis compostos que, juntos, garantem a saúde da boca: umectantes, detergentes, anti-sépticos, abrasivos, flavorizantes e flúor. 

  • Sonhar com dente: o que significa sonho com dente caindo?
  • Larissa Manoela é a rainha da internet e a gente te prova!
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

No papel de umectante, a glicerina retém a água do produto e evita o ressecamento da pasta dentro do tubo. Já os detergentes, representados por algum tipo de sulfato, garantem uma boa limpeza por toda a boca.

Os anti-sépticos ou conservantes evitam que o produto se deteriore dentro da embalagem, enquanto partículas abrasivas insolúveis, compostas de carbonato de cálcio, combatem as bactérias ao remover restos de alimentos dos dentes e até a placa bacteriana.  

Se você sente um gosto agradável ao escovar os dentes, agradeça aos flavorizantes, que propiciam os sabores artificiais disponíveis, a sensação de frescor e o efeito aromatizante que ameniza o mau hálito. Por fim, e não menos importante, vem o flúor, que acelera a recomposição do esmalte.

Agora que você já sabe, bora correr para o banheiro e higienizar a sua boca corretamente? Não se esqueça de visitar o dentista regularmente e fazer limpezas profissionais no consultório. Sua saúde bucal agradece!

Fonte: Superinteressante


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*