Carregando...

Catavento Cultural une aprendizado e diversão em São Paulo

Diferente de muitos museus, o Catavento incentiva que as crianças interajam com os objetos expostos. Muitos são experimentos científicos que, ao apertar de um botão ou ao girar de uma manivela, sintetizam conceitos de física, biologia e astronomia para os pequenos, que saem de lá tendo aprendido e se divertido um bocado. Não à toa, o centro cultural no centro de São Paulo é destino comum de excursões escolares. Mas o programa também é ótimo para se fazer em família. Quando percebem, os adultos já estão tão envolvidos quanto a garotada nas atividades propostas pelos monitores.

O Catavento fica no Palácio das Indústrias - edifício histórico de São Paulo.
O Catavento fica no Palácio das Indústrias - edifício histórico de São Paulo.
Foto: Museu Catavento/Divulgação / Viagem e Turismo

As exposições interativas são divididas em quatro seções. Em "Universo", "Vida" e "Sociedade", maquetes, sistemas solares e salas temáticas se mesclam para matar a curiosidade da criançada que está na fase dos porquês: os assuntos abordados vão desde a origem dos primeiros seres vivos até a nanotecnologia. M as é na seção "Engenho" que a todos vão à loucura com os experimentos: em um, o visitante entra dentro de uma bolha de sabão gigante, no outro, os cabelos ficam em pé ao colocar a mão em uma bola eletromagnética.

Mega Domo receberá show imersivo de Natal em Canela Cataratas do Iguaçu: vazão acima do normal interdita passarelas Flávia Alessandra faz agachamento com barra durante treino
View this post on Instagram

A post shared by Viagem e Turismo (@viagemeturismo)

No jardim interno do museu fica o borboletário, que mostra os estágios da vida das borboletas. Dentro de uma grande geodésica, moram borboletas olho de coruja (Caligo Illoneus), borboletas do manacá (Methona themisto) e a borboleta brancão (Ascia monuste).

A geodésica é um recinto de borboletas.
A geodésica é um recinto de borboletas.
Foto: Webysther/Wikimedia Commons / Viagem e Turismo

É importante chegar cedo. Algumas instalações do Catavento tem capacidade reduzida e, nos finais de semana e feriados, só podem ser visitadas mediante a retirada de senhas, que são distribuídas às 9h e às 13h.  Dá para chegar ao museu de carro, de ônibus (desembarque no terminal Parque Dom Pedro II) e de metrô (pelas estações D. Pedro II e São Bento). 

O Catavento funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. A bilheteria fecha às 16h, mas também é possível comprar os ingressos pelo site. Professores, militares, e crianças de até 7 anos não pagam. É a partir dessa idade, aliás, que os pequenos aproveitam melhor a visita.

Veja também 15 passeios para fazer com crianças em São Paulo e arredores e 11 restaurantes temáticos na capital paulista.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*