Carregando...

Manifestação contra mudança para a faixa laranja e a favor da volta às aulas é realizada em Juiz de Fora

Manifestação foi realizada no Centro de Juiz de Fora — Foto: Movimento Escolas Abertas/Divulgação

Manifestação foi realizada no Centro de Juiz de Fora — Foto: Movimento Escolas Abertas/Divulgação

Uma manifestação contra mudança para a faixa laranja e a favor da volta às aulas foi realizada na tarde desta quarta-feira (1º) em Juiz de Fora. Na ocasião, pais, professores e apoiadores do retorno se reuniram em frente à Câmara Municipal, no Centro da cidade.

Leia mais:

  • Juiz de Fora regride para a faixa laranja do programa municipal de retomada econômica; veja o que muda
  • Volta às aulas presenciais em Juiz de Fora: 'não temos data definida', afirma secretária de Educação

De acordo com a líder do Movimento Escolas Abertas, o protesto foi realizado "após a Prefeitura ter regredido de fase e por ter deixado o retorno das atividades escolares mais uma vez fora", explicou ao G1.

"Havia a promessa da secretária de Educação e da prefeita de que as aulas no híbrido seriam retomadas agora em setembro, após a segunda dose da vacinação dos professores. Mas entendemos que com o atraso na chegada da AstraZeneca e a mudança de faixa, não iremos retornar", argumentou a líder do movimento, Maressa Souza.

Em nota, a Prefeitura informou que não irá se manifestar em relação ao protesto.

Cartaz foi pendurado durante manifestação em Juiz de Fora — Foto: Movimento Escolas Abertas/Divulgação

Cartaz foi pendurado durante manifestação em Juiz de Fora — Foto: Movimento Escolas Abertas/Divulgação

Imbróglio e volta às aulas

Em junho, o G1 mostrou que uma decisão judicial determinou que Juiz de Fora seguisse o "Minas Consciente" para a retomada das aulas presenciais após o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ajuizar uma ação para que a Administração viabilizasse a definição de um cronograma.

Na ocasião, a Prefeitura recorreu e recebeu parecer favorável para seguir o próprio programa, o "Juiz de Fora pela Vida", no entanto, a mesma teve que apresentar o programa de critérios científicos. Posteriormente, o MPMG alegou descumprimento do documento e comunicou ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) sobre a situação.

Apesar disso, o TJMG manteve a autonomia do Município para decidir sobre a volta às aulas.

Juiz de Fora regride para a faixa laranja

Na segunda-feira (30), o município de Juiz de Fora regrediu para a faixa laranja do programa municipal de retomada econômica depois de ficar 7 semanas na fase amarela.

"A cidade está retornando devido à variação nos indicadores epidemiológicos que nos colocam em situação de alerta. Juiz de Fora já apresenta a circulação comunitária da variante delta do coronavírus, ou seja, não é mais possível identificar a origem da transmissão, fazendo com que tenhamos mais cuidados", afirmou a secretária Municipal de Saúde, Ana Pimentel.

Por causa da regressão, entidades de setores se manifestaram contra a decisão e uma reunião chegou a ser realizada entre a Prefeitura, setores e a Câmara Municipal. A tendência é que regras sejam alteradas na cidade, no entanto, ainda não há informações.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*