Carregando...

Projeto do Monumento Natural Municipal do Morro do Cristo será apresentado em audiência pública em Juiz de Fora

Morro do Cristo Juiz de Fora — Foto: Carlos Mendonça/Prefeitura Juiz de Fora

Morro do Cristo Juiz de Fora — Foto: Carlos Mendonça/Prefeitura Juiz de Fora

Um projeto de criação do Monumento Natural Municipal do Morro do Cristo será apresentado pela Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur) durante uma audiência pública na manhã de sexta-feira (15), na Câmara Municipal. Uma consulta pública sobre o tema está disponível no site da Prefeitura;

A participação popular na audiência poderá ser feita pelo WhatsApp da Câmara, onde poderão ser enviadas mensagens com os questionamentos e sugestões até 30 minutos após o início da reunião, que está marcada para as 9h. O número é (32) 99183-0706.

Projeto

Conforme encaminhado pela Prefeitura ao Legislativo, trata-se de uma proposição de Unidade de Conservação da Natureza do Grupo de Proteção Integral, com criação regida pela Lei Federal n° 9985/2000 e Decreto Federal n° 4519/2002.

Dentro do estudo técnico, que conta com mais de 40 páginas, é apresentado o motivo da escolha pela categoria Monumento Natural, cuja característica é preservar sítios naturais raros, singulares ou de grande beleza cênica.

Segundo a Prefeitura, ao fazer parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, a proposta atual de criação do Monumento Natural Municipal do Morro do Cristo, “vem a se somar na proteção, planejamento e atividades, adequando melhor a gestão ambiental deste espaço natural da cidade”.

Consulta Pública

Após 5 meses, termina na sexta-feira (15), a Consulta Pública que pretende transformar o Morro do Cristo em monumento natural de Juiz de Fora.

A população pode enviar sugestões e opiniões sobre um dos principais pontos turísticos da cidade através do site da Prefeitura.

Por que a mudança?

Com a transformação do Morro do Cristo em monumento natural, a conservação e a gestão ambiental serão ampliadas, explicou o Executivo.

"Os recursos naturais ficarão mais protegidos, no entanto, o uso indireto será permitido para o desenvolvimento de diversas ações de educação ambiental, turismo, esporte e lazer", ressaltou.

O local é o ponto turístico mais conhecido e visitado por moradores e turistas, com uma rica biodiversidade da Mata Atlântica distribuída em um afloramento rochoso.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*