Carregando...

UFV conta com espaço de treinamento para translocação e reintrodução de saguis na natureza

Dois filhotes do sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita) nasceram no Centro de Conservação dos Saguis-da-Serra (CCSS)— Foto:Daniel Sotto Maior/UFV

Dois filhotes do sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita) nasceram no Centro de Conservação dos Saguis-da-Serra (CCSS) — Foto: Daniel Sotto Maior/UFV

A Universidade Federal de Viçosa (UFV) conta com um novo espaço de treinamento para translocação e reintrodução de saguis na natureza. A inauguração da estrutura ocorreu no início deste mês, na sede do Centro de Conservação dos Saguis da Serra.

Segundo a UFV, o local é o primeiro de primatologia do mundo direcionado exclusivamente à conservação do sagui da serra e do sagui da serra escuto, duas espécies de primatas da Região Sudeste do Brasil que correm risco de serem extintas.

  • Leia também: Por que não devemos alimentar os saguis?

O espaço é licenciado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e resultado de uma parceria entre a instituição de ensino, por meio dos Centros de Ciências Agrárias e Biológicas e da Saúde, representados pelo Departamento de Engenharia Ambiental e de Veterinária, a Beauval Nature Association e a Durrell Wildlife Conservation Trust.

Ainda conforme a instituição, o laboratório conta com 7 auritus, 4 deles adultos e 3 filhotes para serem reintroduzidos na natureza.

Estrutura inaugurada pela UFV auxiliará no trabalho de reintrodução dos saguis na natureza — Foto: UFV/Divulgação

Estrutura inaugurada pela UFV auxiliará no trabalho de reintrodução dos saguis na natureza — Foto: UFV/Divulgação

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*